Vinhos

Las Perdices Espumante Rosé

Composição: 70% Pinot Noir e 30% Chardonnay. Produção: 6.000 garrafas. Teor alcoólico: 13%. Método: Tradicional ou Champenoise, segunda fermentação em garrafa. Colheita: manual seletiva, na primeira quinzena de fevereiro. Rendimentos obtidos: 8 mil kg/ha. Vinificação: obtenção do sumo, esfriamento, decantação de borras e posterior cultura de leveduras selecionadas com fermentação alcoólica. Logo após a Segunda fermentação é engarrafado, reposusando sobre borras por 18 meses. É acondicionado em pupitres e as garrafas são giradas por 30 dias. Após o degolhe, se adiciona o licor de expedição e a rolha por fim. Notas de degustação:cor rosa salmão brilhante, muito aromático e com elegante e persistente aroma de frutos vermelhos, como morango e cereja. Na boca, é redondo, tem boa acidez e muito volume. Ideal como aperitivo ou para harmonizar com frutos do mar, ceviches, carpaccios e pratos de peixe. Conservação: de 3 a 5 anos em condições próprias de armazenamento. Temperatura de consumo: 5 a 7°C.

Las Perdices Reserva Don Juan

Composição: 70% Malbec, 11% Syrah, 10% Bonarda e 9% Merlot. Produção: 10.000 garrafas. Teor alcoólico: 14%. Colheita: manual seletiva, nas duas primeiras semanas de abril. Rendimentos obtidos: 8 mil kg/ha Vinificação: maceração pré-fermentativa a frio. Leveduras selecionadas. Fermentação alcoólica e remontagens diárias com “delestage” no início da fermentação. Maceração pósv fermentativa. Envelhecimento: 18 meses em barricas de carvalho francês. Guarda estimada: 10 a 15 anos. Notas de degustação: de cor vermelho profundo com tons violáceos. Intensos aromas de frutas vermelhas, com toques de pimenta, especiarias, violetas e ameixa seca, combinados com toques de tabaco, chocolate e baunilha. Na boca, bom ataque, suave, redondo, estrutura bem equilibrada com taninos maduros, onde se misturam os toques de fruta com os aportes da madeira, numa explosão interminável de sabor, próprio de grandes vinhos de raça  e estirpe. Temperatura de consumo: 16 a 18ºC.

Las Perdices Malbec Rosé

Produção: 8.000 garrafas. Teor alcoólico: 13,5%. Colheita: manual seletiva, na primeira quinzena de março. Rendimentos obtidos: 10 mil kg/ha. Vinidicação: maceração peculiar por 24h em prensa pneumática e obtenção do sumo. Esfriamento do mosto a 4ºC. Decantação de borras, transferência e posterior fermentação de leveduras selecionadas. Fermentação alcoólica durante 20 dias com temperatura controlada entre 14 e 16ºC. Notas de degustação: cor rosa-framboesa com matizes violáceas, muito atraente e brilhante. Aroma de alta intensidade, limpo e sem defeitos, onde predominam notas de frutos vermelhos, caramelo e geleia de framboesa. Também aparecem notas florais em menor intensidade. Muito agradável ao nariz, fresco e aromático. Na boca tem uma entrada refrescante, com uma certa sensação cítrica devido à sua adequada acidez. É um vinho equilibrado, de bom volume na boca, com toques de ameixas e cerejas. Ideal como aperitivo, para acompanhar queijos suaves e diversos embutidos e entradas variadas. Temperatura de consumo: 10 a 12ºC.

Tremendus Clarete

Na linha Tremendus defende fervorosamente o retorno às origens com o Clarete (vinho de uma noite), garnacha 100% ou viura 100%, incluso dedicando para eles poesias que transparecem sua paixão pelos vinhos. Trata-se de uma linha atrevida, tanto em conceitos de elaboração, técnica meticulosa e apaixonada, quanto no nome da linha cujo significado é Tremendo. Composição: 50% Garnacha e 50% Viura. Teor alcoólico: 12,5%. Colheita: vinhedos de viura com 40 anos em média e garnacha com 70 anos em média. Vinificação: chamado na Espanha de “Vino de una noche” (vinho de uma noite), a maceração de uvas brancas (Viura) e tintas (Garnacha) ocorre durante a tarde e noite posterior à sua colheita, fazendo deste um clarete particular quanto a seus aromas e sabores. Notas de degustação: de cor alaranjada com reflexos dourados, de pouca intensidade, mas luminoso. No nariz é fragrante, de boa intensidade, frutas brancas (pêssegos e damascos) com suaves aromas florais e possível final de excelente acidez. Na boca, a primeira sensação é refrescante e com notas de frutas brancas de grande intensidade. Untuoso e de grande persistência. Temperatura de consumo: 8 a 10°C.

Las Perdices Reserva Albariño

Composição: 100% Albariño. Produção: 6.000 garrafas. Teor alcoólico: 13,5%. Colheita: manual seletiva. Rendimentos obtidos: 8 mil kg/ha. Vinificação: obtenção do sumo por prensa pneumática. Esfriamento do mosto a 4ºC. Decantação de borras, transferência e posterior fermentação de leveduras selecionadas. Fermentação alcoólica durante 20 dias com temperatura controlada. Envelhecimento: 6 meses em aço inox, sobre as cascas. Notas de degustação: de cor amarelo pálido com reflexos esverdeados e dourados. A complexidade deste vinho flutua entre as notas frutais (damasco, maçã e cítricos), florais (flores brancas, jasmim suave) e herbais (erva fresca, erva-doce). Untuoso na boca, volumoso, de sensação aveludada ainda que fresca e com amplitude de nuances. Ideal para acompanhar todo tipo de pescados e mariscos em suas diferentes preparações. Temperatura de consumo: 8 a 10°C.

Las Perdices Reserva Bonarda

Composição: 100% Bonarda. Produção: 10.000 garrafas. Teor alcoólico: 14,5%. Colheita: manual seletiva, na segunda quinzena de abril. Provém de um vinhedo de 37 anos de idade. Rendimentos obtidos: 8 mil kg/ha. Vinificação: maceração pré-fermentativa a frio. Leveduras selecionadas. Fermentação alcoólica e remontagens diárias com “delestage” no início da fermentação. Maceração pós-fermentativa. Envelhecimento: 12 meses em barricas de carvalho francês e americano novo. Notas de degustação: de cor vermelho violáceo intenso. Aromas de frutas vermelhas com fundo de especiarias, acompanhado por delicados toques de baunilha, resultado da passagem em carvalho. Elegante na boca, agradável e amável. Taninos suaves e aveludados. Equlibrado com notas de especiarias, frutas vermelhas, chocolate e café. Ideal para acompanhar carnes e vegetais grelhados, massas e queijos duros. Temperatura de consumo: 16 a 18°C.

Las Perdices Reserva Cabernet Sauvignon

Composição: 100% Cabernet Sauvignon. Produção: 10.000 garrafas. Teor alcoólico: 15%. Colheita: manual seletiva, na 2ª quinzena de abril. Rendimentos obtidos: 6 mil kg/ha. Vinificação: maceração pré-fermentativa a frio. Leveduras selecionadas. Fermentação alcoólica e remontagens diárias com “delestage” no início da fermentação. Maceração pós-fermentativa. Envelhecimento: 12 meses em barricas e carvalho francês e americano novo. Notas de degustação: de cor vermelho rubi profundo. Aromas de cerejas e notas de pimenta, acompanhados de baunilha e café aportados pela passagem em carvalho. Bom volume na boca, com sabores que lembram pimentão vermelho, especiarias e um final de chocolate ou cacau com presença de café. Ideal para acompanhar carnes vermelhas ou pratos com molhos de especiarias. Temperatura de consumo: 16 a 18°C

Las Perdices Reserva Malbec

Composição: 100% Malbec. Produção: 10.000 garrafas. Teor alcoólico: 14,5%. Colheita: manual seletiva, na segunda quinzena de abril. Rendimentos obtidos: 8 mil kg/ha. Vinificação: maceração pré-fermentativa a frio. Leveduras selecionadas. Fermentação alcoólica e remontagens diárias com “delestage” no início da fermentação. Maceração pós-fermentativa. Envelhecimento: 12 meses em barricas de carvalho francês e americano novo. Notas de degustação: de cor vermelho violáceo muito intenso. Aromas de frutas vermelhas, acompanhado de notas de baunilha e café aportados pela passagem em carvalho. Suave na boca, equilibrado, com notas de ameixas, cerejas, frutas vermelhas, violetas, chocolate e marcada presença de café. Taninos suaves e perfeitamente amadurecidos. Final na boca intenso e agradável. Ideal para acompanhar carnes, vegetais grelhados, massas e queijos duros. Temperatura de consumo: 16 a 18°C

Las Perdices Reserva Pinot Noir

Composição: 100% Pinot Noir. Produção: 10.000 garrafas. Teor alcoólico: 14%. Colheita: manual seletiva, na segunda quinzena de março. Rendimentos obtidos: 7 mil kg/ha. Vinificação: maceração pré-fermentativa a frio. Leveduras selecionadas. Fermentação alcoólica e remontagens diárias com “delestage” no início da fermentação. Maceração pós-fermentativa. Envelhecimento: 12 meses em barricas de carvalho francês novo. Notas de degustação: de cor vermelho rubi com tons violáceos. Aromas de frutas vermelhas e pretas, como cereja, morango, framboesa, guinda e groselha, unidos a finos aromas, produto do envelhecimento em carvalho. Na boca é um vinho delicado, suave, onde aparecem com expressividade os sabores de morango e frutas vermelhas. A madeira aporta defumados e notas de baunilha. Os taninos são suaves e equilibrados, com um final de boca elegante e longo. Ideal para acompanhar pratos da cozinha de caça, carnes brancas e pastas com creme e peixes. Temperatura de consumo: 16 a 18°C.

Las Perdices Tinamú

Composição: 60% Malbec, 25% Cabernet Franc, 10% Petit Verdot e 5% Tannat. Produção: 4.000 garrafas. Teor alcoólico: 14,5%. Colheita: manual seletiva, na primeira quinzena de abril. Rendimentos obtidos: 6 mil kg/ha. Vinificação: maceração pré-fermentativa a frio. Leveduras selecionadas. Fermentação alcoólica e maceração durante mais de 30 dias, com três remontagens diárias e “delestages” no início. Envelhecimento: 24 meses em barricas de carvalho novas (70% francês e 30% americano), de uma seleção das melhores do ano. Permanece na cava 12 meses engarrafado antes de sair à venda. Guarda estimada: 15 anos. Notas de degustação: de cor vermelho violáceo intenso. No nariz ameixas e groselhas com notas de violetas, chocolate, baunilha e café. Também pimenta e pimentão. Na boca mantém as frutas frescas, carnoso e de bom equilíbrio com taninos bem maduros e doces. Este vinho se caracteriza pelos inúmeros atributos que se podem resumir em elegância, equilíbrio, suavidade e persistência. Temperatura de consumo:16 a 18°C.